Blog | Operador logístico: funções e vantagens ao trabalhar com um

08 de dezembro de 2020

Pela primeira vez, falaremos sobre a figura central da cadeia logística. Não, não é o produto (ainda) e nem o cliente; estamos falando do operador logístico! O profissional responsável por ligar as etapas logísticas, por fazer expedições, monitorar e controlar os fluxos. Se os gestores planejam e os clientes aguardam, há alguém operando em meio a este grande número de etapas.

Já falamos no blog sobre os principais desafios que os gestores enfrentam na gestão empresarial. Hoje, se faz o momento de conhecer a profissão do operador e os tipos de tarefas pelas quais ele pode se responsabilizar.

Em geral, o operador logístico é uma empresa que projeta, gerencia e controla a cadeia de suprimentos de outra empresa. O operador logístico, dependendo de acordo comercial entre as duas empresas, pode operar no fornecimento, transporte, armazenamento e / ou distribuição.

Neste artigo iremos nos aprofundar nas funções do operador logístico, suas vantagens, desvantagens e outros dados sobre o setor.

Principais funções do operador logístico

A principal função de um operador logístico é otimizar os processos de aquisição, armazenamento, transporte e distribuição de produtos de forma eficiente para a empresa para a qual trabalha. Para isso, é imprescindível que você tenha a infraestrutura física e tecnológica e os sistemas de informação necessários para o bom desenvolvimento do seu trabalho. Porém, existem operadores logísticos que terceirizam parte dessas infraestruturas sem prejuízo da qualidade dos seus serviços.

Para uma melhor análise das funções do operador logístico, iremos considerar as diferentes fases em que este presta os seus serviços.

Processamento de pedido

Esta fase inclui todas as atividades correspondentes à preparação, transmissão, entrada e ordenação da encomenda, bem como o relatório do estado da encomenda.

O trabalho do operador logístico na fase de processamento do pedido, embora não seja habitualmente muito comum, está enquadrado nas atividades de recolha de informação para a encomenda de compra bem como na sua verificação e transmissão.

Manuseio de Materiais

A fase de manuseio de materiais inclui todos os processos relacionados aos movimentos, lugares, tempos, quantidades e espaço ocupado pelas mercadorias.

Quando o operador logístico intervém na fase de movimentação de materiais, deve garantir o transporte dos materiais (matérias-primas, peças e / ou produtos acabados) de um local para o outro. Essa gestão e controle são essenciais para tornar o processo mais eficiente garantindo que nenhuma atividade da empresa seja afetada pela chegada antecipada ou tardia dos materiais.

Também é fundamental que todos os materiais sejam entregues no lugar certo, em ótimas condições e nas quantidades exatas especificadas nos pedidos.

Na fase de movimentação de materiais, o operador logístico deve utilizar o sistema de transporte que melhor se adapte às necessidades da empresa e da mercadoria. Além disso, o operador logístico deve garantir a existência de espaços de armazenamento adaptados, caso a empresa contratante não os disponha.

Embalagem

É preciso tomar decisões sobre o sistema e as formas de proteção que serão conferidas aos produtos. A embalagem é de grande importância no manuseio e transporte de qualquer tipo de mercadoria para proteger as propriedades dos produtos que contém.

Uma boa embalagem muitas vezes é decisiva para não sofrer perdas ou deterioração nas operações de transporte, transporte e manuseio.

Ao planejar a embalagem que melhor se adapta a cada mercadoria, o operador logístico deve considerar:

— a natureza da carga: se é perecível, frágil, perigosa;

— o valor da mercadoria: quanto maior o valor da carga, mais elaborada será sua embalagem;

— condições de manuseio: deve-se considerar como será carregado, descarregado e movimentado (se serão utilizados ganchos, plataformas, empilhadeiras, guindastes ou outras máquinas);

— como será armazenado no transporte: empilhado, em armazéns;

—  se passará por fiscalização aduaneira: já que a embalagem precisará ser aberta e fechada;

— a temperatura e as condições climáticas a que estará sujeito durante o transporte, origem e destino;

— os idiomas de origem e destino a serem incluídos na embalagem;

— o meio de transporte: terrestre, marítimo, aéreo ou um combinado, considerando, por exemplo, que o transporte aéreo de mercadorias requer uma embalagem mais leve;

— o tempo total de viagem da mercadoria.

Transporte de Produto

Esta é provavelmente uma das fases mais importantes para o operador logístico e aquela para a qual é habitualmente contratado. Em geral, para garantir um transporte adequado, a transportadora deve considerar tanto o meio de transporte quanto as rotas a serem percorridas.

No transporte aéreo, as mercadorias podem ser transportadas em aviões de carga ou comerciais. O frete marítimo é realizado por navios de carga para cargas soltas e contêineres. Por fim, o transporte terrestre geralmente é feito por trens de carga ou caminhões.

Dependendo da distância entre o local de origem e o local de destino, pode ser necessário utilizar um ou todos os diferentes meios de transporte. Além disso, são muitas as ocasiões em que a disponibilidade dos diferentes tipos de transporte nos países de origem e de destino marcará o tipo de transporte a utilizar.

O transporte de mercadorias torna-se cada vez mais necessário. As novas tendências de consumo através das compras online tornam necessário um transporte mais rápido e imediato. Neste sentido, as transportadoras tornam-se parceiras estratégicas para um grande número de negócios e mercados, sendo chave, em grande parte dos casos, para um importante diferencial de diferenciação face à concorrência.

No que diz respeito à escolha das rotas, é importante analisar quais as rotas mais aconselháveis ​​para maximizar o custo do transporte e, assim, aumentar o mínimo possível no preço final do produto.

Armazenamento

O operador logístico deve aconselhar a empresa sobre o sistema de armazenamento mais adequado ao seu negócio e às suas características.

Tradicionalmente, as empresas tinham o espaço necessário para o armazenamento das mercadorias. No entanto, atualmente, há uma série de agentes e intermediários no processo de marketing do produto. Este fato influenciou a criação de novas áreas de armazenamento de produtos que armazenam produtos de diferentes empresas que aguardam distribuição por meio de compras ou pedidos. São os conhecidos centros logísticos que facilitam a carga, descarga e gestão logística da mercadoria.

Fase de controle de estoque

Finalmente, entre as funções do operador logístico também se encontram as atividades de controle de estoque. Esta fase cobre o gerenciamento de estoque, registro de quantidade e localização do item.

Para realizar uma gestão de estoque eficiente é necessário um software de gestão. Graças a este tipo de software, é possível resolver problemas rotineiros, como saber a quantidade de itens deixados no armazém, sem ter que realizar uma inspeção física. Será necessário registrar cada uma das operações de estoque de forma a otimizar o tempo e a precisão das operações de estoque, contribuindo para uma maior produtividade.

Vantagens de ter um operador logístico

Como vimos neste artigo, são muitas as funções que o operador logístico pode desempenhar para a empresa contratante. Dentre os benefícios de um operador logístico no processo de marketing de uma empresa, podemos destacar:

— a redução dos custos de armazenamento, distribuição e transporte devido às economias de escala e à sinergia entre os operadores;

— a redução de perdas de produto graças à experiência e eficácia dos operadores;

— diminuição dos custos de transporte, pois apenas os serviços contratados são pagos sem a necessidade de manutenção de estrutura logística.

— o foco nas atividades de negócios principais, terceirizando outras operações para o operador logístico;

— acesso a tecnologia mais eficiente e atualizada.

Bônus? Soluções logísticas com a Renaux!

A Renaux Service oferece aos seus clientes qualidade, segurança e rapidez no transporte de cargas e encomendas. Nossos parceiros podem nos delegar a gestão logística parcial ou integralmente, que nós atuaremos com prontidão para alcançar e maximizar os resultados almejados. Com este modelo de trabalho a empresa, o cliente e seus profissionais podem desenvolver sua atividade-fim, mantendo o foco no negócio. Você pode conferir todos os serviços oferecidos por nós através da nossa página de soluções.

Se ainda restar alguma dúvida sobre o assunto, ou mesmo se surgir interesse no serviço, não hesite em contactar a Renaux Service! Na nossa aba ‘Contato’, temos um breve formulário, e após preenchê-lo, um de nossos atendentes irá lhe retornar o mais breve possível. Basta preencher com nome, e-mail e telefone.

Voltar